terça-feira, 1 de março de 2016

o que fazer quando não se tem nada pra fazer

HELLOO (it's me) Tudo bom com vocês? Estou aqui mais um dia para dar dicas à vocês sobre o que fazer quando não se tem nada pra fazer haha

1º Coisa: Ver Séries
Quem não tem nada nada para fazer, precisa muito de Netflix, Megafilmeshd  , Séries Online Vip e por aí vai, site pirata também é o que não falta. Tem muita série boa minha gente, no momento eu assisto Drop Dead Diva, Shadowhunters, Pretty Little Liars e só, porque tô sem tempo. Mas você que como diz o título não tem nada para fazer, tem tempo de sobra não é? 

2º Coisa: Maratona de Filme + Brigadeiro + Pipoca + Refri ou Suquinho para quem tem medo das estrias rere
Eu, Mel, gosto de fazer maratona com a minha irmã do blog Cartas em Preto e Branco com filmes de Colegiais, Musicais e alguns filmes de Mistério. Lá vai alguns: The Duff, 10 Coisas que eu odeio em você, High School Music 1, 2 e 3, Truque de Mestre. Enfim, você escolhe.

3º Coisa: Jogar Online
Gente, a melhor coisa que tem é jogar online esses jogos de menininha haha pelo menos eu gosto. Amo jogar Amor Doce e se você não sabe o que é isso vai no VIDEO do Cellbit, também jogo as vezes Anticlove e Habbo.

4º Coisa: Crie um blog e vire meu amiguinho
Essa é a coisa mais fácil. É só criar um blog legalzinho, com temas legais e um layout também (tem muito site que faz layout legal e grátis, free, 0800) depois visita meu blog e me manda uma mensagem, aí a gente vira amiguinho virtual.

Gostaram das minhas dicas? Beijossss

quinta-feira, 25 de fevereiro de 2016

As 5 fases

                           
 Quando se perde alguém querido passamos por cinco fases. A negação, a raiva, a negociação, a depressão e finalmente a aceitação. Bom, o luto é algo que sempre nos acompanha, estamos cercados por ele: parentes morrem, amigos, conhecidos e até nossos queridos animais de estimação. No entanto, chega um momento em que se deve aceitar que você está vivo, que a sua vida segue, a não ser que estejamos de luto por nós mesmos.

Esse é o meu caso. Estou de luto por meu corpo fadigado, meus sonhos impossíveis e pelas decepções que eu própria procurei. 

Já estive na fase da Negação. É um momento em que a perda me pareceu impossível e eu não conseguia acreditar que eu realmente havia me perdido. Aquela fase em que eu achava que tudo era um sonho e uma hora ou outra eu iria acordar. 

Quando chegou a fase da Raiva eu não estava mais conformada que antes. Eu estava alterada. Eu não era mais a mesma. Mas mesmo assim, apesar da perda já consumada negamos-nos a acreditar. Eu pensava '' por que eu?” e qualquer palavra de conforto me parecia falsa, como se eu não pudesse de forma alguma ser consolada. Eu não deixava que me consolassem e eu não queria esquecer. Queria lembrar e remoer todo o sofrimento que eu achava que tinha e no entanto eu não sabia, eu ia viver, aliás, eu estava viva.

Então veio a Negociação. Aquela coisa boba que a gente faz com Deus. Se fizerdes isso, então eu farei isso. Comecei a negociar meus sofrimentos. Ele me fazia feliz e eu fazia o que ele queria, mas acredite se quiser, tudo tem um porquê e se você quer saber, Deus não aceitou minha oferta, porque o que estava acontecendo comigo estava também sendo permitido por Deus. 

Aí veio a depressão. Vi que Não havia como escapar da perda, e senti o vazio imenso. Tomei consciência que nunca mais iria ser aquela pessoa que um dia fui, e com o desaparecimento dessa pessoa, foram embora com os sonhos, projetos e todas as lembranças para que um novo alguém se levantasse.

Finalmente senti a aceitação. A última fase do luto. Esta fase é quando eu aceitei a perda por necessidade. Nesta fase o espaço vazio deixado pela perda é preenchido. É aí que percebemos do que precisamos e do que é essencial. No fim das contas você percebe o quanto foi idiota.

Minha playlist

Olá pessoal!! Hoje vim trazer minha playlist da semana com 7 músicas que eu não tô parando de ouvir haha 

1- O Grito - Ministério Pedras Vivas
2- Cabelos de Algodão - Fly
                                      
3- Aquieta minh'alma - Ministerio Zoe 
                                      
4- Química - Biel
                                      
5- (ACREDITEM SE QUISER) Ta Tranquilo Ta Favorável

                                       
6- Bailando - Enrique Iglesias FEAT Luan Santana

                                       
7- Lindo és (Beauty Beauty - David Brymer)
                                       

Compartilhem comigo músicas boas por favor, nunca pedi nada pra vcs ♥♥
Beijoss
                                        

segunda-feira, 22 de fevereiro de 2016

A maior chance


                              
A maior chance que podemos dar é para nós mesmos. Esse ano tem sido um ano de superação pra mim e de super ação também. Só conseguimos dar um passo, seguir em frente e erguer a cabeça quando temos atitude e à colocamos em ação. Temos que aprender que reciprocidade se conquista e não é qualquer pessoa que deseja ser conquistada. Temos que aprender que amar não é gostar e que há pessoas que não desejam nada, que há pessoas que não têm meta, nem objetivo. Temos que aprender a deixar pra lá e dar mais atenção e importância à nós mesmos.
Ficamos tanto tempo pensando, desejando coisas que sabemos que não são para nós e que não vão chegar em nossas mãos que esquecemos de nos cuidar, não só fisicamente mas principalmente dentro dos nossos corações, do nosso interior. Diga todos os dias na frente dos espelho ''eu sou importante'', ''eu sou linda '', ''eu me amo''. Frases assim mudam nossos dias e melhoram nossa auto estima. Diga não para quem quer te ver no chão. Não aceite que tentem colocar você para baixo. Sorria mesmo que você não esteja bem e o mais importante: dê mais uma chance para você.

sábado, 20 de fevereiro de 2016

Novo Blog

                                




Olá pessoal! Pra quem não sabe, sou dona do blog ''Customized Girl'' e nessa madrugada eu não tinha nada para fazer, então pensei em criar um novo blog e começar do zero.
Sejam bem vindos ao meu novo blog!!! Aqui, pretendo postar todos os dias sobre variados assuntos: moda, fotografia, livros, séries, filmes, músicas e até aquelas coisas sobre amor, tristeza e blá blá blá.
Meu nome é Melissa, tenho 15 aninhos, sou mineira e não fico comendo queijo na roça o dia inteiro. haha...
Essa é só uma apresentação mesmo e espero que gostem dessa parte do meu mundo. Espero fazer muitas amizades aqui e é isso aí. Boa noite  :) 
Home
Layout criado por